Câmaras setoriais da Fecomércio SC discutem a logística reversa de lâmpadas

A Fecomércio SC promoveu na tarde desta terça-feira, dia 26, a primeira reunião das Câmaras Empresariais de Material de Construção e do Comércio Atacadista, com a participação dos seus respectivos presidentes, Jorge Rechia Guarezi e Telmo Poli, e representantes das Acomac’s do Estado; de Criciuma participou o Diretor Executivo da Acomac Sul Julio João Pereira. O objetivo principal do Encontro foi discutir o Acordo Setorial de Lâmpadas fechado no âmbito do Plano Nacional de Resíduos Sólidos. O acordo é fundamental para os setores acima citados e, também, para o de supermercados. O encontro contou com a participação da consultora para assuntos ambientais da Confederação Nacional do Comércio, Cristiane Soares.

Segundo Cristiane, o acordo setorial tem validade em todo o país e define de quem é a responsabilidade, entre comércio, distribuidores, fabricantes e importadores, sobre o processo de destinação pós-uso das lâmpadas fluorescentes tubulares, lâmpadas de vapor de mercúrio, vapor metálico, vapor de sódio, lâmpadas compactas e lâmpadas de luz mista. De acordo com ela, cabe aos comerciantes e distribuidores receber o descarte desse material proveniente dos domicílios.

“Funcionando como pontos de entrega, deverão receber e instalar os recipientes para a coleta, mantendo as estruturas física e de apoio necessárias para a entrega pelo gerador domiciliar. Portanto, não passam de inverdades essas histórias que se comentam de que os comerciantes agora terão que receber caminhões de lâmpadas usadas. Isso não é verdade e, se acontecer, eles têm todo o direito de recusar a entrega”, afirmou Cristiane.

O acordo setorial define que, a partir de janeiro de 2016, Florianópolis e Joinville devem cumprir com a primeira etapa da logística reversa. Todas as empresas que vendem lâmpadas, ainda que não venham a ser pontos de entrega, deverão ajudar com a logística reversa divulgando os locais de descarte e orientando os consumidores sobre os procedimentos que deverão ser adotados.

5

Sobre o Autor

Julio João Pereira

Julio João Pereira Diretor Executivo da Acomac Sul.

0 Comentários